fbpx

Analisando Pranchas: Al Merrick Rocket Wide

Analisando pranchas Al merrick rocket wide

Al Merrick Rocket Wide: Analisando Pranchas

A Al Merrick Rocket Wide dá sequencia à série Analisando Pranchas. Hoje apresentamos ela que é uma das nossas campeãs de vendas, favorita de muitos clientes do Prancha Nova.

Novamente, a Channel Islands aparece em nosso Blog com um modelo de destaque. Não é à toa, são décadas desenvolvendo pranchas de surf juntamente com alguns dos melhores surfistas do mundo. Inegavelmente, a CI é a marca de pranchas mais conhecida, admirada e desejada do planeta, então já é esperado que muitos de seus modelos figurem no topo da lista dos favoritos, como é o caso da Al Merrick Rocket Wide.

A Opinião De Dane Gudauskas

analisando pranchas al merrick rocket wide

A Rocket Wide é tida como a prima fácil de surfar da Rocket 9. De fato essa é a opinião de Dane Gudauskas, um dos atletas profissionais mais engajados no desenvolvimento e teste de modelos da Channel Islands. Como ele mesmo disse: “Meus irmãos e eu adorávamos a velocidade e o controle que estávamos sentindo com o Rocket 9 e queríamos ver como poderíamos aplicar os mesmos níveis de diversão e desempenho em uma prancha para ondas pequenas e sem força. Certamente ela é uma máquina, mais curta e larga, projetada pensando em aumentar o fator divertimento quando as ondas não são das melhores. Dessa forma, não deixe que esses dias de ondas pequenas o desapontem, pois a Rocket Wide está pronta para decolar.”

Outline E Bordas

analisando pranchas al merrick rocket wide

Este modelo possui uma rabeta mais larga, tendo mais área naquela região, o que facilita passar as seções mais flat das ondas. Da mesma forma, possui uma área de bico mais larga, o chamado híbrido, que oferece excelente remada e entrada nas ondas, assim como muita velocidade e estabilidade na região frontal sem prejudicar as manobras mais críticas.

Por outro lado, a parte central da Rocket Wide mantém medidas de largura próximas as de modelos de alta performance, contendo entre 18″3/4 e 20″ nos tamanhos entre 5’5″ e 5’10”. Isso a faz manter boa responsividade nas curvas. Em geral ela tem um outline um pouco mais paralelo, que adiciona estabilidade e velocidade para voar nas ondas.

Suas bordas são médias, mais arredondadas por toda a extensão da prancha, facilitando a flutuação sem travar e mantendo a prancha um pouco mais acima da linha d’água, garantindo assim muita fluidez. A exceção é a parte final, perto das quilhas, onde suas bordas ficam um pouco mais refinadas e a fazem ser bem responsiva. 

Concave

Esta prancha conta com concaves de três tipos diferentes. Começa com um single concave agressivo na região entre o bico e o meio da prancha, favorecendo a sustentação e a velocidade. Muda para um double concave entre as quilhas, fazendo o fluxo d’água se dividir, aliviando a pressão sobre a quilha do meio e deixando a prancha mais maleável. Por fim, já na saída da rabeta ela apresenta um leve vee, que a faz ser muito responsiva e ágil nas trocas de direção.

Rocker

A Rocket Wide conta com um rocker de entrada baixo, favorecendo o poder de remada e a velocidade logo após o drop. Seu rocker segue flat no meio, a fazendo fluir com muita facilidade e sem perder velocidade nas partes fracas das ondas. Por fim, seu rocker de saída na rabeta é médio, o que ajuda a prancha a atacar as partes mais críticas das ondas e virar em espaços mais curtos, dando um toque de agressividade à sua performance.

Quilhas

Al Merrick Rocket Wide quilhas

Para este modelo, a Channel Islands recomenda as quilhas 2+1 AM da FCS. Este jogo de quilhas consiste em duas quilhas laterais grandes e pouco inclinadas, que oferecem bastante projeção e drive + uma quilha central pequena para estabilidade. Além delas, você poderá usar qualquer outro que já esteja acostumado e que seja de sua preferência, no entanto, dê preferência para quilhas médias ou grandes, foi comprovado nos testes que elas funcionam melhor neste modelo de prancha.

Sensações

A Rocket Wide oferece transições muito seguras e rápidas entre as manobras. Muitas vezes as pranchas com rabetas mais largas exigem cavadas duplas, pois derrapam quando muito pressionadas na base das ondas. Além disso, ela mantém a velocidade mesmo após manobras aéreas e garante muita sustentação na parte do pé de trás.

Devido à velocidade proporcionada por este modelo, ela tem bastante tendência para as manobras aéreas. Principalmente quando construída na tecnologia Spine-Tek, a Rocket Wide fornece condições para voar até mesmo nas sessões menos íngremes das ondas. Por conta da área mais larga tanto de bico quanto de rabeta, a volta dos aéreos também é favorecida, fazendo desse modelo o ideal para quem gosta de mandar seus voos em ondas pequenas.

A Rocket Wide é uma prancha fácil de surfar. Em resumo, ela é um modelo considerado híbrido, mais curto, mais largo e bem equilibrado. Dessa forma, funcionará em qualquer condição de ondas entre meio metrinho e um metro. Segundo alguns de nossos clientes, apesar de ela ter sido projetada para ondas fracas e pequenas, a prancha se mostrou muito efetiva em condições de ondas boas entre meio e um metro.

Como Adquirir A Sua

Sem dúvida, o melhor lugar para comprar a sua Rocket Wide é através do nosso site. Temos algumas disponíveis em a pronta-entrega e nossos consultores de plantão também poderão ajudá-lo com as medidas ideais de acordo com suas características pessoas. Sua Al Merrick pode ser usada tanto no material tradicional em PU, quanto na tecnologia Spine-Tek em EPS. Se você quer uma prancha diferenciada em condições de ondas pequenas e médias, este modelo é para você.

Separamos um vídeo para que você possa conhecer ainda melhor a Rocket Wide. Ele mostra o especialista em pranchas Noel Salas detalhando suas impressões sobre este modelo, o qual ele considera o melhor entre as pranchas híbridas para ondas pequenas e médias.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat