Leash: perguntas mais frequentes

Desde os anos 70, quando foi criado por Jack O’Neill, o uso do leash é imprescindível não apenas para a segurança do próprio surfista quanto para os que estão à sua volta. No entanto, até hoje muitas dúvidas são comuns não só no uso mas também em qual modelo é o ideal no momento da compra.

Esse post vai focar em como escolher o melhor leash para o seu surfe.

 

Qual o comprimento ideal para um leash?

Isso vai depender de duas coisas principais: o tamanho da prancha e das ondas. Deve haver um proporção entre o comprimento do leash e da prancha. Por exemplo, caso sua prancha seja uma 6’0, pode usar um leash de 6 pés também. No entanto, se o tamanho da prancha se aproximar mais de uma 7’0 ou mais, vale usar um leash mais comprido, de 7 pés por exemplo. Assim por diante.
Isso vale também para o tamanho das ondas: quanto maiores, preferivelmente mais longo deve ser o leash.

 

 

Qual o diâmetro ideal?

O diâmetro também varia principalmente pelo tipo de onda e até estilo de surfe. Se as ondas são menores, o leash pode ter um diâmetro menor. Em mares maiores, use um leash mais largo para evitar que arrebente, estoure. Apesar de muito seguros e cada vez mais tecnologicamente preparados, devemos sempre tomar precauções e entender que isso pode acontecer.
Em competições, mesmo em mares maiores, é comum o uso de leash mais finos, os “comps”, para evitar perda de performance no momento da onda por ter menos resistência com água.

 

O leash precisa ter distorcedores?

Não é obrigatório, mas com certeza muito importante. Além de irritante, o leash torcido pode ser perigoso. Assim, os distorcedores podem ser um ótimo mecanismo para evitar que isso aconteça. Prefira os duplos, que tenham distorcedores nas duas pontas.

 

 

Devo colocar o leash na água ou seco antes de entrar?

Sempre coloque o leash seco. O velcro vai funcionar melhor e isso vai garantir mais segurança para você.

 

Como devo guardar meu leash depois de uma sessão de surf?

Um hábito comum é só amarrarmos ele na rabeta e pronto. No entanto, o ideal é não fazer isso. Busque sempre deixá-lo limpo, seco e longe do Sol quando guardar. E, ao invés de amarrar na rabeta, coloque-o solto dentro da capa. Isso vai evitar que haja constante pressão sobre o leash, o que tira durabilidade. Além disso, o leash pode ficar “viciado” em algumas posições ao ficar muito tempo enrolado, o que vai atrapalhar muito o seu surfe.

 

Quanto tempo dura um leash?

Essa é uma pergunta difícil de responder, pois vai variar do seu estilo de surfe, dos tipos de onda que você pega e dos cuidados que você tem com ele. Com o tempo, principalmente se ele for muito curto, de tanto ser puxado, o material interno pode começar a ceder e o risco de arrebentar aumenta. Você poderá perceber isso se ele aumentar de tamanho. No entanto, ele pode aumentar de tamanho e seguir durável por muito tempo. Se você for surfar no Havaí com um leash fino, não espere que ele dure mais do que uma temporada. Se você surfar ondas menores com um bom diâmetro, ele pode durar anos.

Leave a comment