fbpx

Sharp Eye Modern2: Analisando Pranchas

Sharp Eye Modern 2: Analisando Pranchas

A Modern2 da Sharp Eye é hoje o objeto de nossa série Analisando Pranchas. Um modelo que foi encomendado pelo Filipe Toledo para o shaper Márcio Zouvi com a intenção de se divertir em ondas pequenas sem perder a pegada moderna que caracteriza seu surf.

Tendo em mente uma prancha que fosse super rápida e fácil de surfar em ondas pequenas, mas que também oferecesse condições de mandar manobras no crítico e grandes aéreos, Filipe e Márcio desenvolveram a Modern2. Fato é que Toledo queria algo bem diferente de suas pranchas de alta performance usadas no tour mundial da WSL. Como o nome já diz, ela é uma prancha realmente moderna, mas com uma pegada dos anos 80 em seu DNA. Este modelo é como se fosse uma cruza entre as famosas MR Twin, as biquilhas do tetracampeão mundial Mark Richards e as pranchas de alto desempenho de hoje em dia.

Assista abaixo ao Filipe com sua Modern2 5’6″ dando show em ondas mexicanas.

Para Todos Os Surfistas

Apesar de esta prancha ter sido projetada em parceria com um dos melhores surfistas do mundo, ela certamente pode ser usada por surfista de todos os níveis. Mais do que isso, ela é uma prancha com diversos atributos que favorecem os menos experientes. No caso dos profissionais, eles a utilizam em tamanhos bem pequenos, entre 5’3″ e 5’7″, para que a prancha se encaixe perfeitamente nas paredes das pequenas ondas e ofereçam condições de performar grande manobras.

sharp eye modern2

Já no caso dos iniciantes é possível usar este modelo em tamanhos maiores, com mais volume e flutuação. Dessa forma os menos habilidosos poderão ter um equipamento moderno e veloz, mas ao mesmo tempo com excelente remada e estabilidade. Recomendamos sempre conversar com nossos consultores para entendermos qual seria o tamanho ideal caso a caso, levando-se em consideração os fatores de peso, altura, tempo de surf e demais características que abordamos em nosso artigo sobre o volume das pranchas.

Características

A Modern2 tem características muito peculiares. De fato ela é uma prancha diferente da maioria. Tem sua metade da frente mais parecida com as biquilhas do anos 80. Seu ponto mais largo fica mais para frente do meio da prancha, conferindo à ela uma grande área e volume na região do peito, mais próxima ao bico. Isso garante um excelente poder de remada e proporciona ao surfista pegar muitas ondas.

Por outro lado, a parte traseira da prancha tem um outline mais moderno, com um wing na parte final da rabeta. Isso diminui a área e a superfície da rabeta, proporcionando um surf de alta performance, facilitando a quebra de linha e também a realização de curvas mais fechadas atacando partes críticas das ondas.

Rocker

sharp eye modern2

A Modern2 claramente tem uma linha de rocker baixa por toda sua extensão. O baixo rocker de entrada ajuda ainda mais a prancha a remar super bem e proporciona muita velocidade nas paredes, com muita projeção horizontal. Esta mesma curvatura baixa e estagiada do meio para traz da prancha faz com ela ultrapasse e flua muito bem nas seções mais flat das ondas sem perder velocidade. O rocker de saída também é baixo, mas conta com um leve kick nas últimas polegadas da rabeta, adicionando projeção vertical e manobrabilidade ao surfista.

Fundo

sharp eye modern2

O fundo deste modelo é talvez o atributo mais incomum se comparado às pranchas de alta performance. Enquanto a maioria delas tem um fundo single ou double concave, a Modern2 apresenta um vee bottom em todo o fundo a partir de um palmo do bico. Ele começa suave e vai acentuando conforme se aproxima do meio da prancha, ficando bastante agressivo na parte de traz. Isso certamente faz com a prancha responda super bem nas trocas de borda, além de oferecer muito controle, suavidade e fluidez nas transições.

Bordas

De maneira geral as bordas da Modern2 são bem arrendondadas e cheias. Isso a torna uma prancha mais solta e fácil de surfar. No entanto, quando se aproxima das quilhas as bordas se tornam mais baixas e afiadas, com um edge mais acentuado e prolongado, o que oferece à ela muita sensibilidade, responsividade e drive quando pressionada nas curvas de base e topo das ondas.

Quilhas

sharp eye modern2

Esta prancha foi pensada para ser surfada com duas configurações de quilhas diferentes. Tanto pode ser uma biquilha, numa pegada mais relaxada e com um surf para frente, quanto pode ser no formato 2+1. Este formato utiliza duas quilhas bem grandes e mais retas nas laterais e outra bem pequena e mais curvada no meio. Isso faz com que a prancha tenha muito drive e segurança nas curvas, sem derrapar como é a tendência das biquilhas.

sharp eye modern2

Para isso, existem alguns modelos de quilhas específicos tanto da FCS quanto da Futures. Se sua preferência é pelas Futures, recomendamos o modelo Blacksticks do Rob Machado. Caso sua preferência seja pelo sistema da FCS, a melhor opção inegavelmente são as Mark Richards Twin..

Sensações

Projetada para pura diversão, a Modern2 mantém a velocidade extremamente bem, com um ótimo equilíbrio entre fluidez, manobrabilidade e drive. Propicia excelente remada tanto para entrar nas ondas quanto para se deslocar com agilidade no line-up, sendo muito confortável de surfar. Se você já é um surfista de nível intermediário e avançado, esta prancha inegavelmente mudará sua abordagem em ondas pequenas, ela é o complemento perfeito para seu quiver. Se você é iniciante, confie nela para conseguir pegar cada vez mais ondas e se desafie para aprimorar sua performance buscando sempre o próximo nível.

Por ser uma prancha ideal para ondas pequenas ela pode ser usada em diversos picos ao redor do mundo quando as condições permitirem. Acreditamos que a Modern2 pode funcionar muito bem especialmente em point breaks com ondas rápidas como Matinhos no Brasil ou Pavones na Costa Rica por exemplo.

Conhece alguém que está buscando uma prancha versátil para ondas pequenas? Se sim, recomende esta leitura e faça um amigo feliz.


 

2 thoughts on “Sharp Eye Modern2: Analisando Pranchas

  1. Fortunato Assis says:

    Gostei bastante, aqui onde moro ( Nordeste) creio que é uma ótima opção. Minha dificuldade no momento é grana, pois sei que uma prancha dessas é mais de R$ 2.000. De qualquer forma agradeço a excelente oferta e parabenizo o trabalho de vocês. Aloha!!

    • Luís Coruja says:

      Obrigado pelas palavras, Fortunato. Certamente este modelo é ótimo para o dia a dia no nordeste, diria que em quase todos os estados do Brasil. Tenho certeza que em um futuro breve você poderá conquistar seu desejo de poder surfar com uma HT2. Conte conosco. Boas ondas!

Deixe uma resposta

Abrir conversa