Como Escolher a Prancha De Surf Certa Para Você

Como Escolher a Prancha De Surf Certa Para Você

Com certeza você já se perguntou como escolher uma prancha de surf que seja correta para você e as ondas que pretende surfar. Porém, essa pergunta não é tão simples assim. Há diversos fatores que interferem na hora da escolha do equipamento ideal.

Como escolher a prancha de surf: quais fatores considerar?

Há alguns pontos e a combinação deles que fazem parte dessa decisão. Porém, existem alguns fatores principais que facilitam na hora de como escolher sua prancha de surf.

Tamanho

As pranchas são medidas em pés e polegadas. Com relação ao seu tamanho, normalmente, ao escolher um equipamento maior, o surfista ganhará mais estabilidade e facilidade para entrar nas ondas.

Já os equipamentos menores são mais fáceis para manobrar, pois proporcionam mais  velocidade e controle nas curvas.

Largura

Equipamentos mais largos dão mais estabilidade e flutuação (principalmente para pessoas mais pesadas e para iniciantes) ao surfista. Já os mais estreitos facilitam as manobras e a troca de borda.  

Volume

O volume é a litragem do equipamento e tem relação com o tamanho x largura x espessura. Ele é uma referência bem importante para saber como escolher uma prancha de surf.

Quando você descobre o volume adequado para os seus equipamentos, consegue entender quais as medidas seriam ideais para cada modelo que tiver interesse.

Pranchas com volume maior (mais grossas) ganham, também, em flutuação e estabilidade ou seja, elas boiam mais e oferecem mais segurança na hora de ficar em pé , enquanto as de menor volume (mais finas) são boas para as manobras e dão mais facilidade na hora de furar as ondas.

O volume ideal para cada surfista vai depender de uma combinação de fatores, tais como preparo físico, peso, altura, idade e nível de surfe.

Rocker

A curvatura da prancha, também chamada de rocker, refere-se à curva existente do bico até a rabeta do equipamento.

Quanto mais rocker, mais fácil ficam as manobras com a prancha, porém, ela fica mais lenta por conta do aumento da resistência. Já quando ocorre o contrário — pranchas mais planas (rocker mais flat) —, o equipamento fica mais rápido

Ondas mais cavadas e curvadas pedem pranchas com mais curva de rocker. Já as mais cheias, mais gordas e fracas pedem pranchas com menos curva.

Nível de experiência

Todo o outline da prancha interfere na forma como você vai surfar.

Com relação ao comprimento, é mais comum que surfistas iniciantes comecem com pranchas maiores pois, como visto nos pontos anteriores, elas oferecem mais estabilidade, dão mais segurança e ajudam a evitar quedas. Já os mais experientes geralmente usam equipamentos com aproximadamente uma ou duas polegadas menor para encarar as ondas do dia a dia.

Quem é intermediário e avançado acaba escolhendo pranchas menores e mais finas, por conta da facilidade para manobrar. Porém, isso irá depender também do tipo de onda e o estilo que gosta de surfar.

Tipo de onda

Pranchas maiores em comprimento costumam ser mais usadas para ondas também maiores, já que os equipamentos ganham mais velocidade e estabilidade/controle para cavar e manobrar em situações mais críticas.

Alguns tube riders também optam por tamanhos maiores por entrarem com mais facilidade nas ondas e por serem mais velozes.

Com relação à largura da prancha, quem gosta de tubos pode ter preferência pelas mais estreitas para se ajustar melhor. Já as ondas menores pedem equipamentos mais largos, pois ajudam a aproveitar melhor a onda.

Quando o assunto é volume, é importante lembrar que podem ter variações dependendo dos pontos da prancha.

Em mares mais fortes, é mais indicado optar por equipamentos com mais curvatura. Já as de menor rocker ajudam nas ondas cheias e lentas, permitindo a realização de arcos mais abertos.

Ainda ficou com dúvidas? Então entre em contato com o Prancha Nova pelo chat e realize uma consultoria on-line para encontrar a sua prancha ideal! Aproveite e confira também nossa tabela de volumes.

Deixe um comentário