fbpx

Surf Em Garopaba: Análise Do Pico

Surf Em Garopaba: Análise Do Pico –

Seguindo com nossos artigos de Análise Do Pico, dessa vez iremos falar sobre o surf em Garopaba, no sul de Santa Catarina. Assim como no artigo anterior sobre o Cabo De Santa Marta, hoje traremos muitas informações sobre uma das cidades mais surf do Brasil.

Se você é surfista, muito provavelmente já ouviu falar dessa paradisíaca cidade catarinense. Garopaba é de fato uma das cidades litorâneas mais bonitas e agradáveis do Brasil. Sua localização privilegiada, em torno de 90 quilômetros ao sul de Floripa, faz com que ela seja um destino muito procurado tanto por turistas regulares quanto por surfistas de toda a América do Sul. Inclusive a cidade de Garopaba recebeu o título de Capital Do Surf em Santa Catarina, o que é motive de orgulho para seus pouco mais de 30 mil habitantes.

O Município

A região de Garopaba era inicialmente habitada pelos Índios Carijós, da tribo dos tupi-guaranis. O primeiro povoado não-nativo só surgiu em 1666, formado por imigrantes açorianos. Todavia, foram os tupi-guaranis que deram o nome à cidade, que significa “enseada de barcos”. Depois de séculos de idas e vindas políticas, finalmente em dezembro de 1961 o município de Garopaba foi fundado oficialmente, depois de desmembrado do município de Palhoça.

Sem dúvidas a natureza foi muito generosa com Garopaba. Por todo lado é fácil visualizar lugares de rara belezas. A riquíssima biodiversidade e a cultura açoriana local formam um cenário muito interessante. Além da Mata Atlântica, as praias, as dunas, os costões rochosos e as lagoas são os grandes responsáveis pela demanda turística local –  a cidade recebe aproximadamente 150 mil turistas na temporada de verão (dezembro/fevereiro).

Além do turismo, outra atividade bastante tradicional e economicamente essencial para a cidade é a pesca artesanal, principalmente a pesca da tainha e da anchova. Dessa forma, aproveite para consumir os deliciosos frutos do mar locais nos diversos restaurantes da cidade. 

Como nosso artigo trata especialmente do surf naquela área, podemos garantir que as excelentes ondas de Garopaba são também muito importantes para a região. Elas são conhecidas nacional e internacionalmente, tendo sido inclusive palco de algumas disputas do circuito mundial de surf em 2003, mais precisamente na praia do Silveira. 

As Praias

garopaba surf

Entre a Gamboa e a Vermelha, são oito as praias do município de Garopaba. Todas elas contam com boas ondas e é certamente uma das regiões mais constantes do Brasil. Além disso, por conta da variedade de praias, quase sempre há algum pico funcionando em condições ideais independentemente da direção do swell ou do vento. Confira abaixo a lista de praias do município e suas características principais.

Lembrando que neste artigo estão apenas as praias pertencentes à cidade de Garopaba, portanto a famosa Praia do Rosa não está presente, visto que ela é parte do município vizinho de Imbituba. Mas não se preocupe, em breve traremos detalhes sobre Imbituba e suas excelentes ondas em outro artigo exclusivo.

Para falar melhor sobre a região e suas principais praias e ondas, convidamos o surfista local e treinador de surf pela Aprimore Surf, Thales Marx. Thales nos enviou alguns áudios focados nos picos mais surfadas da cidade, a Silveira, a Ferrugem e a praia do Centro. Além disso, ao final do texto inserimos outro áudio com informações importantes sobre o turismo e a cultura da área.

Vermelha

garopaba surf
Foto: Douglas Cominski – Shot Spot

A Praia Vermelha está localizada entre as praias do Ouvidor e do Rosa. Ela é pequena, tem em torno de 500 metros de extensão. Fato bastante peculiar é que ela fica dentro de uma área particular. Dessa forma, o acesso até ela é restrito, sendo liberado apenas para pedestres através de duas trilhas. Uma delas começa no canto esquerdo da Praia do Rosa (Rosa Norte) e vai costeando o morro. A outra começa próximo à entrada da praia do Ouvidor, onde, se tiver sorte, pode deixar o carro estacionado.

As ondas na praia da família Gerdau, dona da área que circunda a praia, são bem divertidas nos dias certos. Longas e volumosas, as ondas da Vermelha agradam aos surfistas que estão em busca de manobras como rasgadas e cutbacks, pois raramente oferecem tubos ou paredes muito em pé. Pode ser uma ótima opção para fugir do crowd do Rosa Norte. As melhores condições quebram com swell de sudeste entre 3 e 6 pés e período acima dos 10 segundos. O melhor vento é o oeste sudoeste, mas seu canto direito é protegido do vento sul e pode ser uma boa opção de surf nesses dias. Funciona com qualquer maré, mas melhor na seca enchendo.

As melhores pranchas para o surf nesta praia são as do dia a dia, de performance. Entretanto, prefira aquelas que tenham mais área de bico e um pouco mais de volume, para combinarem com o volume e a velocidade das ondas. Indicamos aqui os modelos Al Merrick OG Flyer e Cabianca The Medina.

Ouvidor

A Praia do Ouvidor fica entre a Praia Vermelha e a Barra da Ferrugem. Ela é sem dúvida uma das praias mais bonitas da área. Suas águas são normalmente verdes e é uma das poucas praias de areia dura. Local ideal para relaxar e se distanciar da agitação, é uma praia bem frequentada pelos locais. Para chegar nela é fácil, o acesso é através da estrada que leva à Praia do Rosa em um caminho de terra e areia batida. Também é possível acessá-la pela Trilha da Caranha, que parte da Barra da Ferrugem, passando por belas dunas e sítios arqueológicos.

As ondas no Ouvidor são bem constantes e com pouca crowd nos dias de semana. São ondas que quebram mais em pé que na Praia Vermelha, oferecendo mais velocidade e também mais partes críticas. O melhor swell para boas ondas no Ouvidor é o sudeste/leste entre 2 e 6 pés e período acima dos 8 segundos. A melhor maré a média e o vento ideal o oeste como terral, mas também segura um pouco o vento sul no canto direito. Use pranchas rápidas e de performance como a Chilli A2 e a Canfield 0TO100.

Barrinha

A Barrinha, ou Barra da Ferrugem, está localizada ao sul da Ferrugem. Ela é uma praia super tranquila com algumas casas de aluguel e nenhuma infra-estrutura de alimentação ou serviços turísticos. Super recomendada para quem quer relaxar e curtir a praia.

Suas ondas são um pouco irregulares e inconsistentes, mas tem seus dias. A melhor ondulação na Barrinha é de sudeste entre 3 e 6 pés e período acima dos 10 segundos. O vento ideal é o oeste e prefere maré seca enchendo. Quando está funcionando, suas ondas são fortes e até um pouco balançadas, portanto, use pranchas no mesmo estilo da Praia Vermelha. Neste caso indicamos os modelos DHD Skeleton Key e Pyzel Pyzalien 2.

Ferrugem

garopaba surf

Uma das praias mais famosas do sul do Brasil, a Ferrugem é uma máquina de ondas. Desde o canto sul até o costão ao norte, pode-se pegar várias ondas boas nessa praia. Ela aceita condições bem variadas de swell e quase todo dia apresenta alguma condição de surf. No canto direito rolam boas ondas de pico para os dois lados, mas em dias especiais as direitas predominam e são muito manobráveis. No meio da praia rolam ondas rápidas e fortes para a direita e a esquerda. Já no canto esquerda estão as melhores ondas da praia. Quando o swell encaixa por ali, longas esquerdas abrem por mais de cem metros, proporcionando muitas manobras do começo ao fim da onda.

Ouça abaixo o que o Thales tem a dizer sobre a Ferrugem:

garopaba surf
Thales Marx na Ferrugem: Foto: @caradaestanque

Além disso, a Ferrugem conta com boa infra-estrutura de pousadas, bares e restaurantes, o que a faz como uma das praias mais frequentadas da região. Para um surf seguro e de boa performance nas ondas da Ferrugem indicamos os modelos Sharp Eye Disco Inferno e Pyzel The Shadow.

Silveira

garopaba surf
Thales no canto sul da Silveira. Foto: @caradaestanque

Para muitos, a Praia Do Silveira é a mais bonita da região. Seu costão com gramado super característico e suas pedras redondas no canto sul são o cartão postal da cidade. Não é para menos, as longas direitas do point da Silveira são super cobiçadas e já forma palco de um dia histórico de disputas do WCT em 2003.

Ouça abaixo as valiosas dicas do nosso convidado sobre a paradisíaca Praia Do Silveira:

Para os dias clássicos de altas ondas na Silveira, recomendamos os modelos DHD Sweet Spot 3.0 e Chilli Faded 2.0. Use pranchas grandes, com bastante remanda e muito seguras. Caso sua esteja disposto a enfrentar dias de ondas extremas por la, acima dos 10 pés, utiliza uma prancha mais gunzeira como é o caso da Pyzel Padillac.

Do Centro

A Praia de Garopaba, ou do centro, é a mais urbanizada da cidade. Conta com boa infraestrutura, tem diversos restaurantes, bares, lanchonetes e pousadas. Por conta disso, é normalmente a mais frequentada pelos turistas. Suas ondas nem sempre estão presentes, pois é uma praia um pouco mais protegida das ondulações de sul. Aliás, quanto mais à direita da praia, menos ondas. Realmente o canto sul é bastante protegido e local de ancoragem de muitas canoas e barcos de pesca.

garopaba surf

Quando há ondas nesta praia, elas geralmente estão presentes do meio para o canto esquerdo, já em direção ao Siriú. Em dias de ondulações gigantes, muitas vezes a única opção surfável na área é esta praia. Suas ondas são geralmente rápidas, mas com boa formação. Quebram em pé e podem até oferecer alguns tubos, mas as manobras de lip e junções são as mais comuns.

A melhor ondulação para o surf na praia central é a de leste, com tamanho entre 3 e 10 pés e período acima dos 8 segundos. O vento oeste é terral, mas também segura o vento sul. Ela prefere meia maré seca enchendo para os tubos e cheia para as manobras. As pranchas ideais para suas ondas são as do dia a dia para ondas pequenas. Recomendamos os modelos Lost Sub-Driver e Xanadu Xank

garopaba surf
Foto: Douglas Cominski – Shot Spot

Siriú

Praia Siriú – Garopaba

A Praia do Siri é a próxima logo ao lado da praia central. O que mais chama a atenção nesta longa praia é a paisagem arenosa. Suas enormes dunas podem chegar a 40 metros e são um grande atrativo. O acesso até ela é fácil, pois para chegar ao canto sul basta seguir a estrada pavimentada por cerca de 500 metros desde a Garopabinha. Em seguida, é só acessar uma trilha de cerca de 100 metros em declive até a praia. Para acessar o canto norte da praia deve-se fazer o trajeto por uma estrada de saibro de 8 km. É lá que se encontram algumas instalações turísticas simples como pousadas, restaurantes e lanchonetes.

Por ser uma praia aberta e pouco protegida dos ventos, a praia do Siriú é bastante sensível às condições meteorológicas. Assim como em outras praias, seu canto sul é protegido do vento sul, assim como seu canto norte é um pouco protegido dos ventos nordeste. Esta praia recebe bem ondulações de todos os quadrantes entre sul e leste, quebrando ondas por toda sua extensão. Ótima opção para surfar com pouca crowd e também em dias que o mar está muito grande na Silveira e Ferrugem.

As melhores condições quebram com ondulação de sudeste entre 4 e 8 pés e período acima dos 10 segundos. O vento oeste terral é o melhor e quebra legal com todas as marés, apenas mudando um pouco a formação das ondas, ficando mais cheias conforme a maré sobe. Utilize pranchas de alta performance bem versáteis nessa praia, assim como a Lost Driver 2.0 e a Al Merrick Fever.

Gamboa

garopaba surf

A praia mais ao norte da cidade, na divisa com o município de Paulo Lopes. Esta praia é muita tranquila e pacata, ideal para quem busca sossego junto ao mar. Uma combinação de morros, praias, dunas e costões fazem parte do cenário neste pico. Aliás, esta é outra boa praia para praticar sandboard, principalmente para os iniciantes, pois suas dunas são menores que as da vizinha Siriú.

As ondas nessa praia são constantes e geralmente com formação em pé. Elas oferecem boas paredes para um surf de alta performance e com pouco crowd. As melhores condições são swell de sudeste/leste entre 3 e 6 pés e período médio/alto. A melhor maré é a seca enchendo e ela aceita bem todos os ventos entre oeste, sudoeste e sul. Prefira pranchas rápidas e pequenas como as usadas nas ondas da praia do Centro. Dessa forma, indicamos os modelos Snapy Vision e Rusty SD.

Considerações

Caso você ainda não tenha tido a oportunidade de conhecer este paraíso, aproveite este artigo e prepare sua viagem. Temos certeza de que será uma trip muito proveitosa e satisfatória, onde poderá pegar altas ondas e desfrutar de um local de paz e tranquilidade em meio à natureza. Deixamos aqui abaixo mais alguns informações em áudio gentilmente enviado pelo nosso convidado Thales Marx. Se você gostou dessa leitura, encaminhe o texto para seus amigos e marquem sua viagem.

 

Deixe uma resposta