fbpx

Surf Em Las Flores, El Salvador: Análise Do Pico

las flores el salvador

Surf Em Las Flores, El Salvador: Análise Do Pico

Depois de um longo tempo, retornamos à América Central com nossa série Análise do Pico. Desta vez nosso alvo é o pico de Las Flores e arredores, em El Salvador. Entenda por que essa onda é tão democrática e desejada por surfistas do mundo todo.

O Paraíso Das Direitas

mapa surf el salvador

Há alguns fatos curiosos quando se fala em point breaks em certos países. Alguns deles têm dezenas de picos onde predominam ondas apenas para um lado. Este é o caso do Peru e do Marrocos por exemplo, onde existem dezenas de points perfeitos para a esquerda e direita respectivamente.

Assim também acontece com El Salvador. Seu litoral, apesar de pequeno, conta com mais de uma dezena de picos perfeitos para a direita e apenas uma esquerda mais conhecida, a onda de La Bocana. Dessa forma, nesse primeiro artigo sobre o país, tivemos que selecionar um pico para podermos destrinchar, e o escolhido foi Punta Mango.

Proibido Por Décadas

guerra civil el salvador

Talvez muitos não saibam, mas as ondas de El Salvador ficaram praticamente inacessíveis por mais de 12 anos. Isso porque aquele país enfrentou uma sangrenta guerra civil que teve início em 1979 e só terminou em 1992. Nesse período eram raros os surfistas estrangeiros que se arriscavam a passar por lá em busca das ondas. Mesmo após 1992, ainda demorou algum tempo para que os visitantes se sentissem seguros para viajar até lá.

Posso dizer por experiência própria, que mesmo após 13 anos, já em 2005, ainda havia certa insegurança em alguns locais, principalmente nos subúrbios da capital, San Salvador e na cidade litorânea de La Libertad, local onde quebram algumas das melhores ondas do país (vamos falar delas em outro artigo). Todavia, quando voltei em 2013, senti uma grande mudança tanto na estrutura quanto na segurança pública.

Sem dúvida foram anos difíceis que deixaram muitas cicatrizes nos salvadorenhos, um povo sofrido e pobre, que hoje tem no turismo uma fonte de renda das mais importantes em sua região litorânea. Entretanto, mesmo após um passado recente complicado, o povo de lá é, de forma geral, muito alegre e receptivo. Como em qualquer lugar que você vá, tenha respeito pela cultura, costumes e também na água, pois os locais estão sempre presentes e merecem todo nosso respeito.

O Litoral Leste Selvagem

O litoral de El Salvador é voltado para sul e dividido em duas partes, a leste e a oeste. Hoje vamos focar no litoral leste, onde fica a onda de Las Flores. Apesar de a faixa litorânea do país ser curta, são tantas ondas que merecem atenção, que tivemos que dividir em dois artigos.

Las Flores

las flores

A principal onda dessa região, Las Flores é também a mais democrática. Ela pode ser surfada por surfistas de todos os níveis, pois tem várias seções diferentes e é super longa, além de acabar em uma praia, direto na areia, sem pedras no caminho.

Quando o swell está engatado e com bom tamanho, acima dos 4 pés, a onda começa na ponta do morro ao lado das pedras. Nessa área apenas os mais habilidosos se arriscam, assim como quando elas então ainda maiores e começam a romper atrás da pedras. Essa seção oferece bons tubos e drops arriscados, portanto esteja com o drop em dia.

Las Flores
Luís Coruja, Las Flores. Foto: Lito

Um pouco mais para baixo, na seção intermediária, a onda segue em pé e excelente para manobras e um surf de alta performance. É ali que ficam os surfistas intermediários. A vantagem de sentar nessa posição é a possibilidade de pegar mais ondas, visto que várias passam despercebidas pelos surfistas que estão mais lá fora.

las flores

Alguns metros mais para baixo ainda a onda enche e fica bem favorável para os iniciantes, onde é possível encontrar pessoas com pouca experiência se divertindo nas longas paredes. Por fim, ela ergue novamente e forma uma bela junção, para quem ainda tiver pernas para manobrar nela.

el salvador las flores

O melhor swell para esse pico é de sudoeste e sul, com tamanho acima dos 5 pés e período entre 12 e 16 segundos. Tem ondas com todas as marés, mas certamente e melhor é a seca enchendo até a meia maré. O vento ideal é o norte/noroeste, que pega terral e normalmente é suave de manhã cedo.

Outras Ondas

la vaca el salvador
La Vaca

Além de Las Flores, que é a principal onda da região, ainda existe outras muito boas por perto também. Do outro lado do morro fica a onda de La Vaca, que é uma direita super rápida e indicada apenas para surfistas avançados e profissionais. Nela rolam tubos ultra velozes e seções de manobras bem críticas.

toro de oro
Toro De Oro

Seguindo a costa na direção oeste, de lancha, chega-se ao pico de Toro De Oro. De longe ela parece ser a onda mais perfeita da área, de perto percebe-se que é bastante desafiadora e com muita seções rápidas e longas. Além disso, há pedras bem próximas às ondas, o que oferece um grau de risco que apenas os mais experientes estão dispostos a encarar. De qualquer forma, é uma onda muito boa nas condições ideais e praticamente sem crowd, assim como La Vaca.

punta mango
Luís Coruja, Punta Mango. Foto: Osvaldo Pok

Por fim, para muitos a melhor onda do país, Punta Mango. Esse pico pode ser acessado por terra ou mar, mas normalmente quem está hospedado em Las Flores vai de lancha na primeira luz do dia. Essa onda é quase um slab, quebra numa ponta de pedras e tem uma característica mais de reef break do que de point. Funciona muito bem com swell acima dos 5 pés e direção sul/sudoeste.

A melhor maré é a seca enchendo e ela é uma onda muito sensível ao vento, por isso, quanto mais cedo melhor, já que os ventos por lá ficam mais fortes conforme o dia fica mais quente.

Pranchas

driver 2.0

Por serem ondas de super alta performance, que oferecem tubos e manobras em seções distintas, as melhores pranchas para ela são aquelas bem versáteis. Sendo assim, recomendamos os modelos Lost Driver 2.0, Al Merrick Fever e Chilli A2, os quais funcionam muito bem em ondas boas.

Além delas, é importante ter sempre uma mais maroleira ou alternativa para dias de ondas pequenas e mais cheias. Nesse caso, indicamos a Al Merrick FishBeard, a Sharp Eye Modern 2 e a DHD Phoenix.

Já para os dias que a coisa fica séria e o mar sobe e quebra entre 6 e 10 pés, é muito importante ter pranchas seguras e sólidas, pois as ondas ficam bem pesadas. Recomendamos os modelos Pyzel The Ghost e Lost Tube Pig.

Recomendações

A melhor época para viajar para El Salvador é na conhecida estação chuvosa, de Abril a Outubro. É nesse período que as melhores e maiores ondulações rolam por lá, sendo ainda mais consistentes nos meses de junho, julho e agosto.

Lembre-se sempre de levar muito protetor solar, roupas leves e bons leashes. Por fim, prepare-se fisicamente antes da viagem, pois as longas ondas exigem longas remadas e o surf realmente mói o corpo quando as ondas estão bombando. Dessa forma você poderá aproveitar o melhor das perfeitas direitas salvadorenhas.

Se você se animou para fazer essa trip, encaminhe este artigo para seus amigos e não perca tempo, organize seu quiver com nossos consultores e partiu El Salvador. Boas ondas!!

Deixe uma resposta

WhatsApp chat